Delírio Final


Delírio Final
2011 dC
óleo sobre tela, 70 x 50 cm
..
Obra inspirada no poema de Eduardo Roseira:

DELÍRIO FINAL

incendeiam-se
futuros
aprisionam-se
hojes
resgatam-se
os ontem
arrecadados

há verdades
que se escondem
utopias
algemadas
ideários
adiados

e é com palavras
doces
escritas
a fogo
que se anuncia
o renovo
deste velho
portugal
antes do
delírio final