STOCK - OFF



  • 2/9 - 14/9
    De 2/9 às 19:00 até 14/9 às 22:00
  • Galeria Zeller - rua 14 nº 750 , 4500 - 232 - Espinho

Clet Abraham


Extrait Streetosphere Rome - Clet Abraham from Sterenn Films on Vimeo.



Extrait de la série documentaire "Streetosphere"
Episode : Rome
Artiste : Clet Abraham

Réalisé par Tanguy Malibert et Quentin Largouët
Produit par la Compagnie des Taxi-Brousse
Diffuseur : Voyage


Rodrigo Leão

Ontem no festival OITO24 em Espinho, assisti ao concerto de Rodrigo Leão, um dos meus compositores preferidos da actualidade, o concerto foi bom, o ambiente estava excelente, pelo menos junto ao palco, numa noite bastante agradável...







Parabéns à Câmara Municipal de Espinho, por este festival.



Arroz com água de beterraba, acompanhado com legumes salteados e molho de bolonhesa, com cogumelos grelhados e cobertura de queijo.

Arroz com água de beterraba, acompanhado com legumes salteados e molho de bolonhesa, com cogumelos grelhados e cobertura de queijo.

Este é o meu 4º dia sem carne ou peixe, esta foi a opção/prato que decidi criar em alternativa a comer um animal, não é fácil, nem é difícil, é simplesmente uma opção. A culinária (o nome em si, parece-me ligeiramente inapropriado, dado ao leque de opções criativas que oferece), banquete, meio de sobrevivência para o corpo... Partindo do principio que esta opção, ainda embrionária venha a crescer, pretendo apresentar aqui alguns motivos para esta escolha, sem remorsos pelo passado, sem julgar outras opções, mais tradicionais, espero que venha a ter alguma utilidade esta partilha.

Arroz, parto do principio que uma boa parte da população mundial provida de meios o saberá cozinhar, quanto ao facto de ser um homem ou uma mulher a cozinhar, logo falaremos disso.

Arroz: fazer um refogado com uma cebola pequena e dois dentes de alho, ligeiramente regado com  azeite, uma ou duas folhas de louro e polvilhar com sal... antes de a cebola apresentar aquela cor com que ficamos na praia, depois de uns dias ao sol, juntar uma chávena de arroz, o dobro em água, (juntei alguma ''água de beterraba'' de um frasco que havia usado para outro prato), é uma opção matemática, mas não obrigatória, prefiro fazer as coisas a olho. Vá mexendo, a dada altura, quando o arroz começar a parecer tragável, e ainda restar uma réstia de água a ''afogá-lo'', desligar o fogão e esperar que o calor e vapor terminem a cozedura.

Legumes salteados: O drama da cebola está sempre presente, se não quiser chorar a picar uma cebola, pode sempre deixá-la em água antes de lhe meter a faca, escolha uma média e dois ou três dentes de alho, regados com azeite, quando o aroma invadir de forma suculenta as narinas, acrescente um pouco de vinho tinto, sal, louro, um pimento ás fatias, um molho de salsa picada, cenoura q.b., polpa de tomate a gosto, algumas especiarias, no meu caso optei por gengibre, caril, noz moscada e coentros, quando os legumes estiverem al dente, acrescente feijão e como me tinha sobrado, molho do esparguete à bolonhesa do jantar da noite anterior acrescentei-o no fim.

Molho vegetariano para esparguete à bolonhesa da noite anterior: A esta altura, já devem saber fazer um refogado ou estrugido como se diz cá no norte, cebola, alho, azeite, louro........................................................... cenoura, salsa q.b. vinho tinto, 400 ml de polpa de tomate, quando a ''coisa'' estiver boa é juntar a soja granulada, que deveria ter colocado em água, aí uma meia hora (a soja é um dos substitutos da carne, assim como o seitan, o feijão...).   

E porque quando se cozinha por prazer ou para alguém especial, nada como, cogumelos grelhados com cobertura de queijo, são sempre um mimo, que deixa água na boca. Num grelhador, daqueles tipo frigideira, coloque um fio de azeite, um pouco mais se quiser, deixe o azeite sentir os calores e coloque os cogumelos pleurotus, ou outros conforme o gosto, assim que os cogumelos forem saindo do grelhador/frigideira, rasgue algumas fatias de queijo e vá colocando nos cogumelos ainda quentes, bem, depois é só servir e esperar que apreciem.

Para beber, aconselho um bom vinho tinto se não forem conduzir, ou como fiz cá em casa, um sumo de amoras silvestres, ao qual espero dedicar um post.

Bon apetit






I Needed Color - Jim Carrey

O famoso e excelente actor Jim Carrey cidadão americano desde 2004, nascido em Newmarket, Ontario, Canada, protagonista de ''Doidos à solta'', ''A máscara'', ''The Truman Show - A Vida em Directo'', ''Ace Ventura em África'', etc (a lista é quase infindável), é agora pintor. 

Apresentou recentemente um mini documentário de 6 minutos, onde se pode ver um pouco do que tem feito.

Sobre a sua arte diz, que começou a pintar para: “curar um coração partido” e que a dada altura “já não dava para andar no apartamento”. “Os quadros estavam por todo o lado, eu sentava-me neles, comia neles.”

Quanto aos problemas por que passou na sua vida pessoal, este blogue não se destina a esses assuntos, mas força Jim Carrey, estás em grande!


Templo Do Chá - Lourosa

Paulo Fontes em Templo Do Cha.
13/8 Lourosa, Aveiro District







Quando vais tomar café num domingo de manhã e nesse espaço há um lugar para criares, é o melhor que te pode acontecer.



Festival OITO24 de Espinho

Concerto dos The Gift em Espinho, a apresentarem o seu mais recente álbum ''ALTAR'', co-produzido por Brian Eno e misturado por Flood. 
Os THE GIFT também brindaram o público com alguns dos seus ''clássicos'', a voz quente da Sónia Tavares, respondeu às expectativas e o ambiente super agradável que se gerou, tornou este concerto memorável.